domingo, 13 de maio de 2018

Feliz dia a todas as Mães!


A família do meu filho Júnior, minha nora Alexandra e meus netos Luiz Eduardo e Samuel

A família da minha filha Karoliny, meu genro Julio e meus netos Davi e Maria Clara

"Mãe presente divino
quanta ventura traduz
esse nome pequenino
fulgurante como a luz

Mãe a palavra primeira
que se aprende a balbuçar
nossa amiga verdadeira
doce Rainha do lar

Aceite pois mamãezinha
este pequeno cartão
que o teu meigo filhinho
arrancou do coração."

(desconheço a autoria)


Quero homenagear todas as Mães com este pequeno poema, o qual recitei em um Dia das Mãe a quase 50 anos atrás, em uma manhã de domingo, na Igreja Batista de Giruá onde minha mãe levava seus filhos.
Abraços a todos!

Até breve,

Eduardo Miranda

Nenhum comentário:

Postar um comentário