quinta-feira, 29 de março de 2018

O céu está plúmbeo


Satélite
Manuel Bandeira


Fim de tarde.
No céu plúmbeo
A Lua baça
Paira
Muito cosmograficamente
Satélite.

Desmetaforizada,
Desmitificada,
Despojada do velho segredo de melancolia,
Não é agora o golfão de cismas,
O astro dos loucos e dos enamorados.
Mas tão-somente
Satélite.

Ah Lua deste fim de tarde,
Demissionária de atribuições românticas,
Sem show para as disponibilidades sentimentais!

Fatigado de mais-valia,
Gosto de ti assim:
Coisa em si,
- Satélite.


Nesta semana que estaremos encerrando amanhã, nem precisou ser fim de tarde para o céu estar plúmbeo... passamos a semana inteira com um céu cinza, meio que deprimido, sem muita disposição a não ser, chover... 

Mas é isso, dias que não dá pra ir pra rua o nosso Stand fica dentro da loja e o pessoal que já é acostumado vem até o interior pra ver os livros.

Quer um livro pra ler durante o fim de semana? Rua Lateral a RS 020, 1360 (1736), Morada do Vale I, Gravataí, RS.
Sexta (feriado) até as 12:00 e no sábado das 8:30 as 18:30.

Boas leituras!

Nenhum comentário:

Postar um comentário