terça-feira, 25 de abril de 2017

51 anos da Biblioteca Pública Municipal Monteiro Lobato

*imagem Facebook/Biblioteca Pública Municipal Monteiro Lobato

Oi pessoal, sei que já contei essa história, mas... esse lance de memória afetiva é séria mesmo... 

Quando penso na Biblioteca Municipal da minha cidade, primeiro tenho por volta dos 11/12 anos e preciso fazer consulta (pesquisar) para um trabalho pra escola, o que está vívido na minha memória de menina é a sede antiga na Rua Anápio Gomes, uma longa escadaria até a entrada, o chão é todo em taquinhos de parquet super bem encerados, o lugar está a meia luz, mesas redondas de madeira com cadeiras tipo escolar, e o mais incrível: estantes com prateleiras repletas, atulhadas de livros... Nem na minha escola tinha tanto livro junto!!! 

Minha segunda série de lembrança, é quando já estou com 18/19 anos, trabalho no Centro e aproveito a Biblioteca no intervalo do meu almoço ( ela ainda está na Anápio Gomes ); tenho em média 1hora pra aproveitar e ler, ou achar um super livro pra pegar emprestado... A primeira vez que li "O fantasma da ópera" foi com um livro da Biblioteca... E tantos outros: Fernão Capelo Gaivota, Iracema, Bicicleta Azul, entre outros... 

Parabéns aos diversos administradores que entenderam (alguns mais, outros menos) a importância da Biblioteca para os seus frequentadores...

Parabéns a instituição Biblioteca Pública Municipal Monteiro Lobato, por, ainda hoje fomentar a cultura, o sonho e a leitura; de forma gratuita e afetuosa!

Boas leituras!

MilaResendes

Nenhum comentário:

Postar um comentário