quarta-feira, 8 de março de 2017

Livro Arquipélago Gulag, Alexandre Soljenitsin


"Arquipélago Gulag (em russo Архипелаг ГУЛАГ) é provavelmente a mais forte e a certamente a mais influente obra sobre como funcionavam os gulags (campos de concentração e de trabalho forçado na antiga União Soviética) nos tempos de Josef Stálin.
“Dedico este livro a todos quantos a vida não chegou para o relatar. Que eles me perdoem não ter visto tudo, não ter recordado tudo, não me ter apercebido de tudo”
Escrito por Alexander Soljenítsin, o livro de cerca de 600 páginas é uma narrativa sobre fatos que foram presenciados pelo autor, prisioneiro durante onze anos, em Kolima, num dos campos do arquipélago, e por duzentas e trinta e sete pessoas, que confiaram as suas cartas e relatos ao autor.
“Kolima era a maior e a mais célebre ilha, o pólo de ferocidade desse assombroso Arquipélago de GULAG, desgarrado pela geografia num arquipélago, mas psicologicamente ligado ao continente, a esse quase invisível, quase intangível país habitado pelo povo zek.”
Escrito entre 1958 a 1967, a obra foi publicada no ocidente no ano de 1973 e circulou clandestinamente na União Soviética, numa versão minúscula, escondida, até à sua publicação oficial no ano de 1989 .
“GULag” é um acrônimo em russo para o termo: “Direção Principal (ou Administração)dos Campos de Trabalho Corretivo” (“GlavnoyeUpravleniye Ispravitelno-trudovykhLagerey”), um nome burocrático para este sistema de campos de concentração.
O título original em russo do livro era“Arkhipelag GULag”. A palavra arquipélago relaciona-se ao sistema de campos de trabalho forçado espalhados por toda a União Soviética como uma vasta corrente de ilhas, conhecidas apenas por quem fosse destinado a visitá-las."

Fonte: http://livrosconservadores.com.br/arquipelago-gulag-alexander-soljenitsin/

Livro Arquipélago Gulag (1918-1956)
Alexandre Soljenitsin
Círculo do Livro

Boas leituras!

Nenhum comentário:

Postar um comentário